Connect with us

Destaque

O drama de Eduardo Person

Há um ano, o Joinville estreava na Copa Santa Catarina contra Brusque, Inter de Lages e Tubarão, colocando em campo duas promessas no início da era Rogério Zimmermann. O primeiro era atacante Madson, recentemente negociado com o Coimbra, time gerido pelo Grupo BMG. O segundo, porém, ainda segue no clube, vivendo um drama pelo retorno aos gramados. Estamos falando do volante Eduardo Person, de 21 anos, que recentemente completou três meses entregue ao DM.

Diagnosticado com uma condropatia, a lesão na cartilagem do fêmur e da patela, no jogo contra o Operário, no dia 8 de julho, Person realizou o tratamento indicado e quando se preparava para o retorno teve uma nova contusão, oriunda de um choque durante um treinamento no CT.

Desde então, a rotina do jogador que possui 33 jogos e um gol como profissional tem sido de intensas sessões de fisioterapia, todos os dias da semana. Porém, mesmo com os 100 dias de afastamento dos campos, Person ainda sente dores contínuas e não consegue apresentar uma evolução considerável.

Um novo diagnóstico será dado pelo Dr. André Vilela, chefe do departamento médico do Joinville, que está em viagem ao exterior e retornará no próximo sábado. “Vou avaliar quando eu voltar. Não está descartada a possibilidade de cirurgia”, resumiu.

Revelado na base do JEC, Eduardo Person possui vínculo até 2020. Nesta temporada, o defensor foi eleito o terceiro melhor volante do Estadual e também concorreu ao prêmio de revelação da competição.

Texto: Gabriel Fronzi
Foto: Beto Lima/ JEC.com.br

Deixe seu Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Mais em Destaque