Connect with us

JEC

Cinco mudanças da Série C para a edição 2018

O Conselho Técnico da Série C, na semana passada, no Rio de Janeiro/RJ, apresentou novidades e definiu alterações no regulamento em relação às últimas edições. Abaixo, o EJ disseca as cinco principais mudanças para 2018.

1 – É o fim do gol qualificado: Não haverá mais distinção entre gols marcados dentro ou fora de casa no mata-mata. O saldo de gols segue como critério de desempate.

2- A exemplo do que foi feito na Série B, a CBF vai arcar com os custos de 30 pessoas em cada viagem, um aumento de duas passagens em relação aos últimos anos.

3- Outra novidade é a pré-escalação obrigatória: Buscando antecipar e prevenir os clubes quanto ao uso de jogadores irregulares, todos os clubes deverão inserir, com antecedência, a escalação completa no sistema da Diretoria de Registro, Transferência e Licenciamento da CBF. O espaço estará disponível 24h antes de a bola rolar.

4- Até a edição 2017, os clubes tinham direito a explorar 2 placas de publicidade nos estádios em jogos como mandante. A partir de 2018, as agremiações poderão negociar e explorar o uso de 6 placas.

5 – Os clubes seguem no aguardo de uma cota de TV específica para a competição. Gilberto Ratto, diretor de marketing da CBF, apresentou um plano de ações para captação de patrocínios e parceiros, porém a ideia dos 20 clubes participantes é ratear os R$5 milhões do Esporte Interativo entre os participantes. O assunto ainda irá render.

Texto: Gabriel Fronzi
Arte: CBF/ Divulgação

1 Comment

1 Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Mais em JEC