Connect with us

JEC

Waguinho Dias confirma procura de conselheiro do JEC, mas prioriza o Criciúma

O presidente Vilfred Schapitz tem um grande alvo desde a demissão do técnico Zé Teodoro: Waguinho Dias, comandante que dirige o Marcílio Dias e ocupa a quarta colocação do Campeonato Catarinense. Recentemente, em contato feito pelo repórter Gustavo Mejía, do Esporte Joinville, Waguinho foi questionado se teria disposição de assumir o JEC na Série D e declarou: “Sempre disposto a trabalhar, principalmente em grandes clubes”.

No entanto, em conversa com a Rádio Som Maior, de Criciúma, deixou a entender que sua prioridade após o Estadual é o Criciúma – desde que se confirme uma proposta do Tigre, como se especula.

No programa Debate Aberto, Waguinho foi perguntado sobre uma proposta do Joinville. Na resposta, revelou que apenas houve um contato de um conselheiro.

– O conselheiro ao me procurar perguntou se o presidente poderia me ligar. Eu disse que neste primeiro momento eu não poderia largar o Marcílio Dias para o Joinville. Diferente do que é ir para o Criciúma, que é um Brasileiro de uma Série B, toda uma projeção e visibilidade que esse clube tem. São situações diferentes, mas que neste momento para o Joinville não seria o ideal e com o Criciúma precisaria primeiro vir uma proposta para que a gente pudesse estudar a melhor maneira.

Antes, Waguinho descreveu a possibilidade de trabalhar no Criciúma como um sonho. E falou que, mesmo para o Tigre, dificilmente deixaria o Marcílio Dias durante o Estadual.

 – Não é muito de meu perfil largar uma equipe no meio da competição principalmente como está sendo a campanha do Marcílio Dias. A campanha não é feita só pelo Waguinho, mas o Waguinho iniciou tanto nos contatos quanto na formatação da equipe. Conseguimos um acesso, conseguimos fazer uma boa campanha e hoje nós praticamente estamos dando um calendário para o ano seguinte que, além do Estadual da Série A, é o Brasileiro da Série D. Nós estamos muito próximos de conseguir isso. Hoje, o torcedor, a cidade, a imprensa, vivem um sonho de alcançar uma semifinal de Estadual. Tudo isso tem que ser muito pensado porque nós mexemos com seres-humanos, com sonhos, estamos mexendo com o clube, com uma cidade. Não é só o lado financeiro, tem o emocional. Tem que ser muito bem conversado. Eu gostaria, de no primeiro momento, terminar o Estadual e trabalhar no Criciúma, que é um sonho é o que eu espero de voltar para o Campeonato Brasileiro onde eu já estive muito pelo Guarani e agora minha vontade é trabalhar no Criciúma.

Apesar das declarações públicas, até o momento, pelo menos de maneira oficial, não houve uma proposta do Criciúma para o comandante, que também é alvo do JEC.

– Estamos ouvindo a todo e qualquer instante, que pode se haver (contato), que o nome está cotado, como você acabou de sugerir e falou. Mas alguma ligação que a gente pudesse receber ou ter uma iniciação com alguma proposta ainda não.

Texto: Elton Carvalho
Imagem: Comunicação CA Tubarão

Deixe seu Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Mais em JEC


    Warning: mysqli_query(): (HY000/1194): Table 'wp_posts' is marked as crashed and should be repaired in /home/admin/domains/esportejoinville.com.br/public_html/wp-includes/wp-db.php on line 2056