Connect with us

Copa SC

Michel Schmoller abre processo trabalhista contra o Joinville

A ação trabalhista de Michel Schmoller contra o Joinville pegou a entidade de surpresa nesta semana. Vinculado ao clube até o início de agosto, o jogador deixou o Tricolor após o término da Série C e protocolou uma reclamatória na 3ª Vara do Tarabalho de Florianópolis no último dia 28.

Apresentado no final do ano passado, Schmoller disputou 34 partidas pelo JEC na atual temporada, atuando no Estadual, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro. A saída do jogador, inclusive, gerou um debate nas redes sociais pois muitos torcedores pediam a renovação do atleta.

Na fundamentação assinada pela juíza Maria Aparecida Ferreira Jerônimo, fica determinado que o caso – solicitando valores pendentes – seja analisado por uma das Varas do Trabalho de Joinville. Pelo fato de ainda não ter sido citado, o JEC não chegou a formalizar uma defesa, mas deverá se pronunciar oficialmente sobre o caso nos próximos dias. O valor total da ação ainda não foi calculado.

Abaixo, confira a lista de reclamatórias trabalhistas de ex-funcionários contra o clube.

Anteriores (antes de 2012)
– Thiago Régis (volante)
– Glauber (zagueiro)
– Bruno Rangel (atacante)

Gestão Nereu Martinelli (2012 a 2015)
– Jailton (meia)
– Juliano (zagueiro)
– Arturzinho (treinador)
– Edigar Júnio (atacante)
– Eduardo Pacheco (atacante)
– Fabinho Capixaba (lateral)
– PC Gusmão (treinador)
– Adilson Batista (treinador)
– Pará (lateral)
– Geandro (volante)

Gestão Jony Stassun (2016 e 2017)
– Gabriel Vasconcelos (atacante)
– Felipe Célia (auxiliar)
– Lisca (treinador)
– Bruno Batata (atacante)
– Willian Barbio (atacante)
– Thomás (atacante)
– Heliardo (atacante)
– Reginaldo (lateral)
– Fernando Viana (atacante)
– Murilo (atacante)
– Léo (segurança)
– Oliveira (goleiro)
– Bruno Ribeiro (meia)
– Pereira (meia)
– Fernandinho (lateral)
– Ligger (zagueiro)
– Felipe Notório (preparador – base)
– Marcos Fernandes (Toca do Coelho)
– Erick Luis (atacante)
– Ricardo Quandt (auxiliar)
– Hemerson Maria (treinador)
– Ricardo (TI)
– Júlio Rondinelli (dirigente)
– Chaveirinho (meia)
– Jaime (zagueiro)
– Bruno Aguiar (zagueiro)
– Everton Silva (lateral)
– William Paulista (atacante)
– Cléo Silva (atacante)
– Robertinho (lateral)
– Aldair (atacante)
– Diones (volante)
– Ricardo Lobo (atacante)
– George Castilho (preparador)
– Samuel Pires (goleiro)
– Héracles (lateral)
– Eliomar (meia)
– Adilson Pinto (massagista)
– Wellinton Júnior (atacante)
– Jéssica Ziemann (Troca do Coelho)
– Linor do Rosário (motorista)
– Jorge Carraro (treinador)
– Daniela Santana (Toca do Coelho)
– Bruno Lopes (Toca do Coelho)

Gestão Vilfred Schapitz (2018)
– Hélder (lateral)
– Renan Teixeira (volante)
– Michel Schmoller (volante)

Texto: Gabriel Fronzi
Foto: Beto Lima/ JEC.com.br

1 Comment

1 Comment

  1. Pingback: JEC terá que pagar quase meio milhão de reais para ex-meia – Esporte Joinville

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Mais em Copa SC