Connect with us

Destaque

Jony Stassun se coloca à disposição para assumir o Conselho Deliberativo do JEC

Uma semana após o presidente do Conselho Deliberativo do Joinville, Cláudio Fischer, pedir a renúncia do cargo, apenas um conselheiro se colocou à disposição para assumir a cadeira. Surpreendendo muitos, o ex-presidente executivo Jony Stassun é o único interessado e já realizou os trâmites necessários protocolando o desejo.

Roberto Pugliese Júnior, presidente interino do Conselho, foi alertado sobre o interesse e encaminhou o assunto à diretoria, para apreciação de Vilfred Schapitz. A ideia de Jony é realizar um parcelamento da dívida pendente entre o ex-dirigente e o clube, garantindo pagamentos mensais. Com isso, Stassun estaria chefiando o Conselho Deliberativo para que o assunto não voltasse novamente à Justiça, afinal o primeiro julgamento foi marcado para janeiro de 2019.

Ofereci o meu nome para presidente do Conselho. Assim podemos chegar a um acordo de pagamentos mensais e eu assumiria a presidência. Quem sabe, alguém com mais experiência possa iniciar um trabalho de aproximação com antigas lideranças que estão afastadas do clube. – Jony Stassun

A eleição do novo presidente do Conselho Deliberativo do JEC acontecerá na próxima reunião da entidade, possivelmente agendada para o dia 28. Por estatuto, os atuais diretores estão impedidos de votar, pois temporariamente estão licenciados para assumir cargos executivos.

Foto: João Lucas Cardoso

Até o momento, Jony foi o único entre todos os conselheiros do JEC que manifestou publicamente o interesse em assumir a cadeira. Segundo Pugliese Júnior, outras candidaturas podem acontecer nos próximos dias.

Encaminhei para o presidente Vilfred o pedido do ex-presidente Jony. De qualquer forma, é um procedimento normal. Ele é um conselheiro e pode se candidatar, assim como outros interessados dentro do Conselho também podem ser indicados. – Roberto Pugliese Júnior

Procurado, o atual presidente Vilfred Schapitz novamente não retornou às ligações e não respondeu às mensagens.

  • E a auditoria?

Após o último encontro do Conselho Deliberativo, ficou determinando que a entidade, por meio do Conselho Fiscal, buscaria esclarecimentos de algumas discrepâncias entre contratos e recibos de mútuos realizados entre os anos de 2016 e 2017.

Como a auditoria analisou apenas a presidência de Jony Stassun, ele é um único entre os ex-dirigentes que precisa dar explicações ao Conselho neste primeiro momento.

Hoje cedo, o ex-cartola recebeu o relatório e terá 15 dias para apresentar as justificativas. “Vou encaminhar para as minhas advogadas. Todos os valores que eu aportei no clube estão devidamente descritos no processo. Sinceramente, acho isso uma exposição desnecessária”, concluiu.

Texto: Gabriel Fronzi
Foto: Beto Lima/ JEC.com.br

Deixe seu Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Mais em Destaque