Connect with us

Natação

Joinville lidera o Troféu Eduardo Fischer com 68 medalhas conquistadas

A equipe de natação de Joinville lidera o Troféu Eduardo Fischer – competição organizada pela FASC (Federação Aquática de Santa Catarina) -, que está sendo disputado no Complexo Aquático da Unisul, em Palhoça. Até agora, são 837 pontos conquistados pelos joinvilenses. Em segundo está a Lira Tênis Clube, de Florianópolis, com 198 pontos.

Logo no primeiro dia de competições, a equipe de Joinville conquistou 9 ouros, 9 pratas e 5 bronzes. No segundo dia, foram mais 23 ouros, 10 pratas e 12 bronzes. Além da medalha dourada, os atletas joinvilense estabeleceram sete novos recordes do campeonato. Amanhã (2) é o último dia de disputadas. E com larga vantagem para o segundo colocado, Joinville Natação caminha em direção do tricampeonato.

  • PROVAS COM NOVOS RECORDES ESTALECIDOS PELOS JOINVILENSES

100m borboleta feminino (categoria infantil 1): Letícia Romão (o recorde anterior era mantido há 12anos);
100m borboleta feminino (categoria sênior):  Amanda Schumacher;
100 e 200m borboleta masculino (categoria juvenil 2): Pedro Borin
100m costas masculino (categoria infantil 1): Lucca Tonim;
100m costas masculino (categoria júnior 1): Gabriel Molinari;
200m peito masculino (categoria juvenil 1): Eduardo Lubawski.

  • A COMPETIÇÃO

O campeonato leva o nome do ex-nadador olímpico e conterrâneo de Joinville, Eduardo Fischer. Especialista no nado peito, Eduardo é medalhista de Jogos Pan-Americanos e Mundial. Em 2002, no Mundial de Piscina Curta, em Moscou, o joinvilense faturou o bronze nos 50m peito. Já no ano seguinte, nos Jogos Pan-Americanos em Santo Domingo, Fischer subiu ao pódio duas vezes – foi prata no revezamento 4×100 medley e bronze nos 100m peito. Ainda em 2003, bateu o recorde sul-americano dos 50 metros peito em piscina olímpica, com a marca de 28s21; esta marca só foi superada em 2007 por Felipe Lima.

O Troféu Eduardo Fischer reúne neste ano 291 atletas, de 17 clubes catarinenses. É uma competição na qual só podem competir os atletas federados por clube ou associação de Santa Catarina.

Texto: Thiago Borges
Foto: Letícia Romão, que quebrou um recorde que durava 12 anos (Divulgação/Joinville Natação)

Deixe seu Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Mais em Natação