Connect with us

JEC

JEC quita parte dos vencimentos atrasados antes de jogo decisivo contra o Maringá

Graças a articulação da diretoria, o Joinville conseguiu pagar os salários de maio do elenco, vencidos desde o dia 10, na noite da última quarta-feira. O problema foi solucionado às véspera do embarque do time para o jogo decisivo contra o Maringá, neste sábado, pela Série D.

Com isso, o salário está em dia, mas ainda restam pendências. O clube deve duas parcelas de direitos de imagem aos jogadores – uma que venceu no dia 25/04 e outra na semana passada (25/05).

Para colocar as contas em dia, o EJ apurou que, internamente, a diretoria tricolor conversa com empresários da cidade e região para tentar trocar algumas “cartas de crédito” que o clube recebeu pela venda de mais 15% do passe do meia Madson ao grupo BMG. Seriam três cartas de R$ 100 mil cada, com resgate liberado nos próximos meses. E ainda assim sobraria uma parte para os cofres do Coelho, visto que a negociação girou em torno dos R$ 400 mil.

Fato é que até o momento ninguém aceitou fazer negócio com o JEC. Segundo informações levantadas pela reportagem, para pagar os salários, por exemplo, o presidente Vilfred Schapitz conseguiu a quantia com um empresário local, se não nem isso seria regularizado nesta semana em que o Tricolor tem um compromisso que definirá o futuro do time no restante da temporada.

Procurado para falar sobre a situação, Vilfred Schapitz não retornou as ligações e mensagens enviadas até a publicação deste material.

Texto: Thiago Borges

[rtbs name=”jec”]

Deixe seu Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Mais em JEC