Connect with us

JEC

Elton Carvalho: “JEC não vai evoluir na tabela se não for mais eficiente no ataque”

A exemplo do que aconteceu em Blumenau, o JEC teve chances, poderia ter vencido nesta terça, em Tubarão, mas a ineficiência ofensiva impediu o Tricolor de conquistar a primeira vitória no Campeonato Catarinense. Os pontos preciosos que o Joinville deixa pelo caminho impedem a equipe de sair das últimas colocações do Campeonato Catarinense e estar mais tranquila na briga por uma das vagas na Série D de 2020.

As chances vieram aos montes. Nathan teve duas, Anthony teve uma, Baianinho (na melhor delas) isolou, Robert não finalizou quando teve o espaço aberto. Em termos de produção, o JEC foi melhor do que o Hercílio Luz. Sem o gol, no entanto, nada muda na tabela de classificação. Curiosamente, apesar do grande número de chances, só Rafael Grampola – melhor finalizador do JEC – não recebeu bola em boas condições de arrematar.

Defensivamente, houve uma atuação mais segura. Claro, do outro lado não estava um time do nível da Chapecoense, mas mesmo nas falhas, os defensores conseguiram se recuperar – João Ananias, por exemplo, perdeu o tempo de bola, mas se recuperou e travou Lima numa clara chance do Leão do Sul no primeiro tempo.

O grande problema ainda é a falta de vitórias e a pressão que ela coloca a cada rodada que passa. Para piorar, o JEC terá pela frente o Figueirense, no sábado, adversário que é líder do Estadual.

Será necessária muita concentração e um crescimento considerável na melhora das finalizações. Ao contrário do Tricolor, o Alvinegro da Capital tem sido cirúrgico quando cria. Por isso, vence é líder.

SÉRIE D 2021

 

PRÓXIMO JOGO

2ªRodada
×

CLASSIFICAÇÃO - GRUPO A8

 
Deixe seu Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Mais em JEC