Connect with us

JEC

Diretor pega gancho e JEC pagará multa por confusão em jogo do Estadual Sub-20

Foto: Divulgação

O diretor das categorias de base do Joinville, Carlos Grandene, e o clube foram condenados pelo TJD/SC, na noite de ontem, pela confusão após a classificação do JEC diante do Tubarão, nas quartas de final do Campeonato Catarinense Sub-20.

Grendene pegou por 15 jogos de suspensão por dar início a um tumulto após o triunfo do Tricolor nas penalidades, segundo o árbitro da partida, Washington Barbosa Lemos, que relatou o ocorrido em súmula.

Informo que após o término das disputas de tiro penais, o diretor das categorias de base da equipe Joinville, não relacionado na partida e identificado como Carlos Grendene, invadiu o campo de jogo e foi em direção ao banco de reservas da equipe Tubarão, onde se encontravam membros e atletas da Equipe visitante, e proferiu as seguintes palavras em direção dos mesmos: “Chupa essa agora.”. Após o ocorrido iniciou-se um tumulto generalizado, no qual não foi possível identificar qualquer tipo de agressão física entre os atletas e comissões técnicas, exceto o arremesso de um chinelo vindo da torcida do Joinville, acertando o atleta de nº 6 da equipe Tubarão, Eduardo Pompeu Martins, e um copo de cerveja acertando membros da comissão técnica da equipe Tubarão.

Pelos incidentes, o Joinville também terá que pagar um multa de R$ 1 mil. Além disso, Baianinho também foi julgado e condenado a quatro jogos de suspensão, mas o atacante não faz mais parte do elenco tricolor (veja aqui).

Texto: Thiago Borges

1 Comment

1 Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Mais em JEC